Dicas para conseguir o primeiro emprego/estágio em programação


Eu não sou um super especialista nesse assunto, mas aqui vão dicas que no meu ponto de vista me ajudaram a conseguir meu primeiro estágio, além de outras dicas que teriam me ajudado se soubesse na época 😉

Basicamente a lista se resume a um ponto:

Ganhe experiência com trabalho voluntário

Muitas das vagas de estágio pedem candidatos com experiência. Mas aí você se pergunta, “se é um estágio por que pedem experiência?”. Não vou entrar no mérito de isso estar certo ou errado, vou dar algumas dicas de como você pode ganhar experiência durante a faculdade.

Na faculdade posso dizer que ganhei experiência das seguintes formas:

  1. Monitor em um curso de Java:  Basicamente foi assim, um professor abriu um curso de extensão na faculdade de Java e eu e um colega nos oferecemos para ser monitores no curso. Na época, eu tinha um conhecimento básico da linguagem, mas já sabia fazer algumas besteirinhas como: configuração da IDE (Eclipse/JCreator), troubleshooting – “por que não tá compilando??”, “Tá dando erro na classe…”. Como disse, besteirinhas, mas como estávamos lá o professor não precisava checar cada problema, por que havia nós para fazer isso. Além da experiência, de quebra ainda assistia as aulas do curso e aprimorava o conhecimento.
  2. Grupo de estudos:  Grupos de estudo na faculdade são bastante interessantes, no meu caso, além do conhecimento adquirido durante os estudos, também ganhei um pouco de experiência trabalhando em pequenos projetos que a gente fazia para praticar a linguagem;
  3. Desenvolvedor Voluntário em Projeto Open-Source: Uma certa vez na faculdade uma pessoa foi fazer uma apresentação sobre um projeto open-source do qual ele era o líder e além disso era em Java. Essa pessoa é o Carlos Delfino e o projeto o SGAP. Durante a apresentação ele convidou quem estaria interessado em participar do projeto.  Eu e um colega (o mesmo da monitoria 🙂 ) resolvemos participar do projeto. E com certeza foi uma das melhores formas pelas quais eu consegui ganhar experiência. O Projeto era baseado no Struts, e utilizava outros frameworks como o Apache Commons Chain, Site Mesh entre outros.  Além disso aprendi bastante de Javascript. A verdade é que não trabalhei muito no projeto, mas durante o curto período de tempo em que fui voluntário consegui aprender bastante coisa. Na época pra quem sabia o básico de JSP e Servlets, eu realmente aprendi bastante coisa. Além de todo o conhecimento técnico, também tem a questão do trabalho voluntário que é bastante bem visto.

Bem, parece uma lista pequena, e na verdade é, mas isso me ajudou bastante na hora de conseguir um estágio. Por exemplo, uma certa vez apareceu uma vaga de estágio que pedia conhecimentos em Java e OO, Java Web e Struts. Eu e meu colega nos candidatamos a vaga, e pra nossa surpresa a pessoa respnsável pela seleção nos falou que  somente nós dois tinhamos o perfil O.O. Foi a partir daí que comecei a perceber a importância das coisas que fiz durante a faculdade e também ver que poderia ter feito mais.

De início parece complicado, mas é relativamente simples pra você conseguir experiência e conseqüentemente conseguir sua vaga no mercado.

Sendo assim, se hoje fosse começar a faculdade do Zero, essas seriam as minhas dicas:

  • Participe de grupos de estudo, se na sua faculdade não tem se junte com alguns colegas e professores e monte;
  • Faça amizade com seus professores: muitos além de serem professores, são profissionais e podem dar dicas ou até mesmo indicações para vagas;
  • Participe de grupos de discussão: por exemplo, um pouco tempo depois que consegui meu primeiro estágio é que fui descobrir que existia um Grupo de Usuários Java no Ceará, o CEJUG, que possui uma lista de discussão onde os membros podem postar dúvidas sobre Java, vagas, e discutir sobre Java e sua utilização. O bom é que além de você ficar sabendo das vagas, você fica por dentro das novidades da tecnologia: o que as empresas estão utilizando? o que deve estudar?, ou seja, você fica preparado para as mudanças no mercado. E ainda tem a questão do networking, que é bastante importante;
  • Projetos Open-Source: Esse pra mim acho que é um dos principais e seria algo em que investiria mais se soubesse da sua importância no início da faculdade. Importante por que: você pratica conhecimentos adquiridos na faculdade, conhece novas tecnologias, conhece outras pessoas que são membros do projeto, e fica muito bem visto pela comunidade por ser um contribuidor de software livre.
  • Inglês: Esse com certeza um dos mais, se não for o mais,  importantes pontos. Muita gente (incluindo eu) foca no aprendizado das tecnologias durante o início da faculdade e fica deixando o inglês de lado. Isso é um erro, por que na área de tecnologia é praticamente obrigatório o conhecimento da língua inglesa, vejamos algums motivos: grande parte, se não a maioria, do material disponível de estudo é disponibilizado em inglês; todas as novidades na área de tecnologia são divulgadas em inglês, o que significa que você não consegue se atualizar em determinada nova tecnologia por que não sabe inglês; e além disso tudo, o inglês abre fronteiras, por que se você tem um inglês afiado, você pode conseguir emprego não somente no Brasil mas praticamente no mundo todo. O Guilherme Chapiewski nos dá outros motivos.

Bom, espero que essas pequenas dicas possam lhe ajudar a alcançar o tão esperado primeiro emprego/estágio na área de programação. Sintam-se à vontade para sugerir outras dicas que não mencionei.

[]’s

Junior

Advertisements

2 thoughts on “Dicas para conseguir o primeiro emprego/estágio em programação

  1. Pingback: Faça sua carreira « Daniel Pinheiro

  2. Pingback: Faça sua carreira | Daniel Lopes Pinheiro

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s